Carta zen 18 – Além da matéria!

Rio de Janeiro, 11 de julho de 2009

Caros amigos,

Isso mesmo, estou hoje na cidade maravilhosa. Quando cheguei ontem e peguei o táxi para a casa da minha filha, da música que tocava na rádio carioca (um sambinha daqueles), passando pelo gingado nas palavras do motorista, ao povo que circulava nas ruas, pude observar como o Rio é singular e mestiço. Fiquei pensando e talvez associando ao movimento que percebo, no resto do mundo, de mestiçagem. Mas, aqui e em Salvador, essa energia ganha ares próprios (que eu amo!) que obviamente estão ligados à colonização e ao tráfico de escravos. Rio de Janeiro e Salvador foram palcos da história portuguesa no Brasil e estando hoje resgatando karmas de um passado recente, mostram-nos sinais óbvios, tanto positivos quanto negativos.

Isso me levou a pensar que estamos, de fato, em um momento planetário complexo, onde as dívidas kármicas deverão ser pagas rapidamente pois as grandes transformações anunciadas pelos profetas ja se fazem visíveis.

Nesta semana, não por acaso, recebi de uma prima uma fotografia que ela mesma tirou, numa festa junina em Juiz de fora com a família, onde mostra a presença de seres de outra dimensão. Estes seres tem, já há algum tempo, estado presente entre nós. Eu constato que a cada dia, mais e mais pessoas estão entrando em contato com eles. Os estudiosos, físicos e metafísicos, já estão empenhados em estudá-los, demonstrando assim que, como desejamos, a ciência e a espiritualidade podem já se encontrar sem choques e conflitos, sem se repelirem.

De fato, é um momento complexo e privilegiado, e espero que o maior número possível de pessoas possa render-se aos fatos, para que as transições se viabilizem sem sofrimento, ancorados pela fé!

A foto que recebi está postada aqui e os seres que vocês podem ver são chamados ultra-dimensionais, também conhecidos como Orbs e se apresentam a nós em forma de “bolas” transparentes de tamanho variado. São energias pensantes, inteligentes, que sentem, agem e interagem conosco e têm vontade própria. São seres que estão em um plano intermediário, entre a terceira e a sétima dimensão e se apresentam em 2 planos diferentas ao mesmo tempo.

Não é meu propósito ensinar a vocês sobre seres ultradimensionais, pois tal coisa não é da minha alçada, mas a título de conhecimento, gostaria de descrevê-los sumariamente, deixando os estudos complexos às autoridades do assunto.

Pelo que sei, estes seres são 100% energia, sendo por isso considerados um pequeno sol, com um grande campo vibracional e energético. São seres de alta vibração, que vibram além da matéria que conhecemos, portanto não físicos, e como são inteligentes, podem tomar a forma que quiserem. Emitem luz, às vezes coloridas, dependendo do local, ou energia da pessoa com a qual esta vibrando, ou da informação que querem passar.

O propósito, ao que parece, é de atuar como intercomunicadores, ou seja, eles “passam” informação aos humanos, através da intuição. São considerados verdadeiros arautos que ajudarão na transição do planeta. Graças a eles, várias pessoas, em várias partes do mundo, ao mesmo tempo, recebem as mesmas informações.

As experiências chamadas de “extra-físicas”, ao longo dos anos, foram determinadas pelos céticos como meras alucinações. A visão mecanicista e cartesiana do Mundo tomou conta da concepção dos homens ocidentais há séculos, nos limitando a entender o Universo como um produto definido e inalterável que funciona segundo leis mecânicas.

Essas idéias seculares há muito começaram a ser superadas e, desde o início do século XX, principalmente por intermédio de Albert Einstein e dos pioneiros da Física, já existem diversas teorias científicas que identificam novas visões sobre o Universo. Nos dias atuais, a própria Física já detém avanços, e adota idéias que, no passado eram inimagináveis, tal como a existência dos chamados “Mundos ou Universos Paralelos”.

A maior parte das pessoas ainda não está “pronta” para enxergar e ter experiências extra-físicas como a visão destes seres. Este sim é meu propósito aqui, mostrar a vocês que existem mais coisas entre o céu e a terra que supõe o nosso materialismo cartesiano. A ciência tem aberto espaço para que possamos acionar em nós a capacidade de “ver” com olhos extra-físicos e aproximar o céu da terra.

E nós, poderemos acionar o nosso “crer para ver”, pois com a mente fechada e cheia de dúvidas, estaremos interditando ou adiando uma realidade que já se impõe.

Não se esqueçam dos cientistas e espiritualistas condenados à morte ou ao exílio por afirmarem coisas que nossos olhos não podiam ver e que hoje, passado o tempo e nosso medo de mudanças, nos parece tão óbvio!

Tenham todos uma otima semana!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s