Carta Zen 34 – DEUS DO TAMANHO DOS HOMENS



Caros amigos,
Tenho me deparado com pessoas descrentes, por vezes até com muita raiva de religião ou de qualquer coisa que os aproxime de qualquer manifestação de espiritualidade.
Ontem eu fiquei muito triste quando uma pessoa me disse que rasgou seu diploma de reiki em função de uma grande decepção que teve com seu mestre de reiki (o professor que a iniciou no reiki).
Eu mesma já fui uma pessoa descrente. Como eu era uma psicanalista clássica, encontrava uma boa resposta intelectual para todas as questões emocionais das pessoas. Dizia com toda a certeza que tudo isso (ligado à religiosidade) era uma grande bobagem, uma necessidade humana em função de sua impotência diante do desconhecido, da natureza.
Um dia eu abri um livro do Freud chamado “Moisés e o monoteísmo”, e nele estava reencontrando justificativas suficientes que me levassem a crer que a religião era fruto da necessidade humana (coisa que continuo acreditando).
Em algum momento me invadiu um pensamento que mudou para sempre minha maneira de encarar a vida e me permitiu abrir minha mente e ultrapassar o óbvio aos olhos humanos e transcender o corpo e a mente. Eu pensei: “Mas…isso não quer dizer que Deus não exista, apenas quer dizer que o homem O interpreta segundo sua capacidade! Estamos fazendo o caminho ao contrário.”
Cometemos o erro de justificar a existência de Deus pelas ações dos homens. Deus existe porque os homens assim o querem? Ou não seria o contrário? Hoje vejo que nós, aos poucos, teremos que alcançar Deus. E estamos caminhando.
Nós, do lado de cá, queremos negar a existência divina em função dos erros humanos e com isso estamos reduzindo Deus ao tamanho dos homens.
O fato de existirem padres pedófilos, mestres de reiki mal caráter, freiras raivosas e sem ética, pais de santos do pau oco, homens de má vontade, etc., não é e nunca será prova de que Deus não exista.
Estamos à mercê do erro humano? Até quando vamos rodar em torno dos nossos pecados e justificá-los com o erro alheio?
Paremos de medir Deus!
Deus não é mensurável aos nossos olhos!
Não temos como saber da existência de Deus, a não ser em nossos corações!
Infelizmente tenho me deparado com pessoas que tiram mesmo nossa vontade em continuar no caminho da busca espiritual.
Vejo como o materialismo e a sexualidade exacerbada pervertem as pessoas. Como é difícil manter a fé!
Espero que possamos continuar acreditando em Deus mesmo assim. Espero poder  continuar progredindo passo a passo na descoberta do espírito, além do corpo e da mente e acreditando que existem leis que regem o universo que estão além do alcance de nosso parco conhecimento. Abrir espaço para o novo e experimentar a luz !
Um abraço a Todos.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s