Viver sem problemas…

Caros amigos,

Com freqüência as pessoas me perguntam se é possível termos uma vida tranqüila, sem problemas. A esta pergunta singular, é necessário que façamos um raciocínio um tanto mais complexo a fim de compreender, em primeiro lugar, do que se trata avida e o que entendemos, então, por viver sem problemas.

Vejamos: nossa realidade é formada basicamente de três componentes: espírito, mente e corpo. Todos eles vêm de um mesmo lugar: o universo não manifestado.

A fonte da criação vem do nosso espírito que inaugura o processo de criação através da nossa mente que por sua vez cria o nosso universo físico (inclusive o corpo).

Portanto, somos divindades em movimento constante, experimentando a nós mesmos através dos sentidos, gerando vida.

Tudo o que viemos criando ao longo dos tempos (no planeta) têm sido conseqüência de nós mesmos e do tanto que evoluímos à medida que experimentamos a vida. Portanto, ter problemas é, de fato, passar pelos obstáculos naturais que a vida gera durante o movimento de criação. Sem esses “problemas”, não cresceríamos.

Embora sejamos criação única, ninguém é igual a ninguém em todo universo, precisamos uns dos outros para criar. Portanto, estamos submetidos às leis universais para manifestarmos nossa divindade, além da consciência de que somos divindades, criando juntos, gerando um enorme movimento, ou enormes ondas karmicas coletivas e individuais!

O sucesso na vida, na minha, na sua, na vida de cada um de nós, vai depender, então, do grau de consciência que cada um poderá ir adquirindo ao longo de nossas experiências no planeta, ao longo dos tempos.

Espera-se que possamos alcançar, em algum momento, clareza, compreensão de si mesmo em um grau tão elevado que manifestaremos nossa divindade sem esforços.

Enquanto isso, estamos a caminho. Será preciso aceitar o desconhecido atuando em nós, para que possamos expandir continuamente a felicidade de sermos divinos e com isso realizar progressivamente objetivos compensadores.

Consideramos que estamos no caminho certo se temos sucesso na jornada com abundância material, saúde, energia, entusiasmo pela vida, relacionamentos compensadores, liberdade criativa, estabilidade emocional, bem estar e paz de espírito.

Tudo isso só terá valor, ou fará sentido se cultivarmos as sementes da divindade em nosso interior.

Como seres universais, estamos submetidos a leis que, se as conhecermos e aplicarmos em nossas vidas, facilitamos o caminho e abrimos as portas do sucesso e do viver “sem problemas”, porque, de fato, você não se importará em “ter problemas”, e sim, se estarà cada vez mais preparado para dissolver os obstáculos inerentes ao caminho, ao movimento da vida, até atingir o ápice da criação.

Paremos para pensar nas palavras do Buda:

“Nossa existência é transitória como as nuvens do outono. Observar o nascimento e a morte do ser é como olhar os movimentos da dança. Uma vida é como o brilho de um relâmpago no céu, levada pela torrente montanha abaixo”

Um abraço a todos!

por Carmem FARAGE – zenviver@hotmail.com
Formada em Psicologia e Psicanalise com estudos na França, acupunturista, mestra de Reiki, especialista em regressão de memoria e técnicas paramentais. Rua Bernardo Guimarães, 1033/302 – FUNcionarios TEL: (31) 36572497 Belo Horizonte – MG
Lido 14 vezes, 1 votos positivos e 0 votos negativos.
E-mail: zenviver@hotmail.com
Visite o Site do autor
http://www.somostodosum.com.br/carmemfarage

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s